mejores cruceros de lujo

Política de Conduta

Descarregar PDF

O objetivo desta Política de Conduta para os cruzeiros da Pullmantur ("Política de Conduta") é garantir que todos os passageiros possam desfrutar de férias seguras e agradáveis.

Para esta finalidade a Pullmantur desenvolveu regras básicas de comportamento, as quais deverão ser observadas por todos os passageiros, tanto durante suas férias a bordo de um cruzeiro, quanto durante os traslados dos navios, terminais de embarque, portos de escala e excursões em terra.

A proteção e a segurança dos passageiros são de responsabilidade de todos. Se alguém perceber comportamentos suspeitos e inadequados e, em razão disso, entender que estes poderão causar riscos aos passageiros, os mesmos deverão ser, imediatamente, reportados à equipe de segurança e/ou supervisores do navio, ou comunicados à Recepção do navio ou, ainda, deverá ser solicitada a ajuda de um dos tripulantes.

Esta política de conduta não tem a intenção de ser exaustiva ou restritivas, uma vez que é possível que surjam situações inesperadas, para as quais os passageiros deverão entrar em contato com a tripulação e seguir as instruções do Comandante do navio que, na posição de primeira autoridade a bordo, tomará as medidas necessárias para garantir a segurança, a proteção e o bem-estar dos nossos passageiros.

Conforme as disposições legais e os Tratados Internacionais, o Comandante tem plenos poderes para, durante os cruzeiros, retirar pessoas que pratiquem atividades ilícitas a bordo do navio.

Conduta dos Passageiros

I.-Interação dos Passageiros com a Tripulação

Os membros de nossa tripulação são atenciosos e prestativos, no desempenho de suas funções a bordo, e farão tudo o que estiver ao seu alcance para que os passageiros desfrutem, ao máximo, de suas férias. Os passageiros deverão tratar-los com a mesma consideração e respeito.

A tripulação do navio está proibída de manter contato físico com os passageiros. Também é proibida a socialização com os passageiros, além do desempenho de suas tarefas profissionais, não sendo-lhes permitida a permanência nos camarotes, a menos que seja para desempenhar suas tarefas. Espera-se que os passageiros respeitem estas normas sendo-lhes, também, proibido o contato físico com os membros da tripulação. Não é permitido o acesso de passageiros às áreas restritas, de uso exclusivo da tripulação, incluindo os camarotes e dependências destinadas exclusivamente ao uso da tripulação..

II.- Comportamento Inadequado, Abusivo ou Perigoso

O uso de linguagem ofensiva não é permitido, a bordo dos navios, nem comportamento inadequado ou abusivo, incluíndo o contato físico não consensual, assim como qualquer outra conduta ou atividade considerada inadequada, perigosa ou ilegal.

Não é permitido o uso de equipamentos sonoros portáteis, nem música em volume alto. É vedada, a bordo, a utilização de patins, bicicletas ou artigos similares, com exceção de equipamentos de locomoção, utililzados para necessidades especiais, previamente autorizados pelos médicos a bordo do navio. Não é permitida a prática de topless, exceto em determinados itinerários e, neste caso, somente será permitido o topless em áreas designadas a tal prática.

Não é autorizada a reserva de cadeiras das piscinas, das coberturas, nem do teatro.

As instruções de segurança deverão ser observadas a todo momento. Não é permitido correr, saltar ou realizar nenhuma atividade perigosa como sentar-se, subir e inclinar-se sobre as barreiras de proteção internas ou sobre os protetores externos, bem como tocar em equipamentos, instalações ou sistemas do navio, os quais são projetados para garantir a segurança dos passageiros.

III.- Vestimenta e Calçado

Os passageiros deverão utilizar vestimentas e calçados apropriados. A Pullmantur poderá definir as exigências de vestimenta específica para o acesso a determinadas áreas ou para a realização de determinadas atividades que serão informadas aos passageiros.

IV.- Proibição de Prática de Atividades Comerciais, a Bordo, por Parte dos Passageiros

Está proibida a prática de qualquer atividade comercial que implique, ou não, em qualquer dos serviços oferecidos pela Pullmantur.

V.- Política de Tabagismo a bordo

Nossos cruzeiros são classificados como “não fumantes”. Entretanto, designamos algumas áreas públicas e privativas do navio, como “área para fumantes”. De qualquer modo, e para sua própria segurança, não é permitido fumar no interior dos camarotes, nem tampouco no interior das varandas privativas dos navios. A violação desta norma de segurança é passível de multa de 200€.

A compra, posse e consumo de tabaco, a bordo, só é permitida a passageiros maiores de 18 anos

VI.- Política sobre consumo de Álcool

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas afeta a capacidade de raciocínio das pessoas e reduzem sua habilidade de reconhecer e evitar situações potencialmente perigosas. Os passageiros que desejarem consumir bebidas alcoólicas deverão fazê-lo de forma responsável. A tripulação do navio poderá recusar-se a servir bebidas alcoólicas àqueles que consomem álcool de maneira irresponsável.

A idade mínima para o consumo de qualquer bebida alcoólica é de 18 anos. Neste caso, a idade de cada hóspede é informada no momento do embarque, no início de suas férias no cruzeiro. Se um passageiro completar a maior idade a bordo do cruzeiro e desejar consumir bebidas alcoólicas, deverá solicitar a alteração de sua ficha de registro no navio. A tripulação do navio pode solicitar que seja verificada a idade do passageiro, para determinar se poderá consumir álcool.

Qualquer passageiro que descer em terra e consumir bebida alcóolica, deverá fazê-lo de modo responsável e manter sua capacidade para reconhecer e evitar situações potencialmente perigosas, ao regressar a bordo. Lembramos aos pais e responsáveis que, a todo momento, são de sua responsabilidade as ações de seus filhos e pessoas sob sua guarda.

Os passageiros que violarem as políticas de consumo de bebidas alcoólicas, as quais estão relacionadas ao consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade, fornecimento de bebidas alcoólicas a menores, ocultação ou tentativa de ocultação de bebidas alcoólicas na bagagem, ao embarcar, ou a bordo do navio, participação em jogos que incluam consumo de bebidas alcoólicas ou consumo de bebidas alcoólicas de forma irresponsável, estarão sujeitos a aplicação de medidas disciplinares, de acordo com as disposições desta Política de Conduta.

VII.- Drogas ou outras substâncias ilegais

É proibido o porte ou consumo de drogas ou outras substâncias ilegais. As drogas, ou substâncias ilegais, serão confiscadas, devendo ser tomadas as medidas cabíveis, incluindo expulsão do passageiro e intervenção das autoridades competentes. Além disso, os passageiros são informados de que os governos estrangeiros dos portos de escala tem leis rigorosas sobre a posse e/ou consumo de drogas. Os passageiros que violarem essas leis estarão sujeitos a prisão, podendo ser levados a julgamento pela jurisdição estrangeira com possibilidade de serem impedidos de retornar a bordo do navio.

VIII.- Objetos Proibidos

Objetos que geram calor ou chamas

Não é permitido subir a bordo com objetos que geram calor ou produzem chamas, tais como pranchas, fogões eléctricos, velas, incenso ou qualquer outro objeto que possa provocar um incêndio. Chapinhas e secadores de cabelo são permitidos.

Armas, explosivos ou outros objetos perigosos

Não é permitido subir a bordo com armas, explosivos ou qualquer outro objeto que represente risco às pessoas ou ao patrimonio a bordo do navio. Tais objetos serão confiscados pela equipe de segurança do navio e serão tomadas as medidas cabíveis. Os itens tais como facas de mergulho devem ser declarados à tripulação do navio no momento do embarque. Esses objetos são permitidos a bordo, porém, quando não estiverem em uso, devem ser mantidos em poder do deparamento de segurança do navio,

IX.- Saúde

Isolamento de passageiros

Se algum passageiro apresentar sintomas de doenças gastrointestinais, como vômitos ou diarréia, ou qualquer outra doença, o mesmo deverá, imediatamente, comunicar o fato ao departamento médico. Sabemos que algumas doenças apresentam risco de contágio durante 72 horas, ou mais, após a diminuição dos síntomas, por este motivo, é importante que o passageiro informe o departamento médico, a bordo, caso tenha tido síntomas anteriores ao início de suas férias, para que a tripulação tome as medidas necessárias para evitar o contágio. Caso surja alguma doença contagiosa, a tripulação tomará as medidas necessárias para impedir a propagação do contágio adotando, se necessário, as medidas estabelecidas na seção “Consequências Seguintes”. Por questões de saúde, recomenda-se aos passageiros lavarem as mãos com sabão e água quente, após utilizarem o banheiro e antes das refeições ou manipulação de alimentos.

Medicamentos

Devido a (i) os centros médicos, a bordo do navio, podem não ter a quantidade suficiente de medicamentos e que (ii) alguns medicamentos podem não estar disponíveis nos portos de escala, os passageiros devem ter certeza de que estão levando a quantidade suficiente de medicamentos que necessitam, durante toda a duração do cruzeiro. Para facilitar o fácil acesso aos medicamentos, em caso de necessidade, os mesmos não devem ser colocados em bagagens registradas.

Mulheres Grávidas

As mulheres grávidas devem portar consigo um atestado médico que comprove o bom estado de saúde da passageira e do bebê, assim como a autorização médica para poder realizar o cruzeiro.

Em razão do navio não estar equipado para trabalhos de parto não são aceitas, a bordo, mulheres que na data de término do cruzeiro estejam na 24ª semana de gravidez, ou em um estágio de gestação mais avançado.

A Pullmantur se isenta de qualquer responsabilidade que possa surgir durante a viagem, ou após o término desta, oriunda de complicações na gestação, ou outras circunstâncias relacionadas à mesma

X.- Aptidão para viajar

Passageiros deficientes, dependendo do seu grau de deficiência, e desde que sejam auto-suficientes, poderão viajar sem acompanhante, desde que considerem sua situação ao planejarem seu cruzeiro de férias. Em caso de dúvida sobre a capacidade de cuidar de suas próprias necesidades, ou higiene pessoal, é recomendável consultar seu agente de viagens, para que este nos informe sobre a situação, permitindo-nos realizar uma avaliação personalizada da aptidão do passageiro, para analisar se o mesmo poderá viajar sem acompanhante, enquanto durar o cruzeiro.

No momento do embarque a tripulação da Pullmantur fará uma avaliação da capacidade dos passageiros para determinar se estão em condições de viajar, de forma segura, sem ajuda. O resultado da avaliação poderá negar ao passageiro o acesso ao navio ou desembarcá-lo no próximo porto de escala.

XI.- Responsabilidade dos país e/ou responsáveis

Os país e/ou responsáveis devem se responsabilizar pelo comportamento e pela orientação adequada aos menores de 18 anos de idade e aos incapazes ou pessoas que estejam sob sua responsabilidade. Esta obrigação se aplica durante as férias a bordo de um cruzeiro e incluem às dependências do navio, aos traslados dos navios e para os navios, nos termináis de embarque, nos portos de escala e nas excursões em terra.

Esta regra se aplica em todas as situações, independentemente se os pais ou responsáveis estão, físicamente, na companhia de crianças, incapazes ou pessoas que estejam sob sua responsabilidade. Os país, ou responsáveis, não devem permitir que passageiros menores de 18 anos de idade, e pessoas que estão sob sua guarda, se afastem do navio, no porto de escala, sem que estejam acompanhados por um responsável.

INSTALAÇÕES IDADE NECESSÁRIA PARA ACCESO ÀS INSTALAÇÕES
Guppy Club, The Guppies e Teen's Club Entre 3 e 17 anos, com seções específicas, de acordó com a idade.
Teatro Os menores de 16 anos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável.
Piscinas, Jacuzzis Os menores de 16 anos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável.
Portos de Escala Os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável.
Bingo Os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável.
Academia 16 anos
Discotecas para adultos 18 anos
Cassino 18 anos

Punições no Descumprimento da Política de Conduta

(i) Intervenção do departamento de segurança, gerentes e agentes policiais;

(ii) Perda de privilégios a bordo e aplicação de medidas tais como prisão, quarentena ou confinamento em cabine ou cela de prisão;

(iii) Confisco de artigos ilegais de contrabando ou proibidos. Estes itens serão entregues às autoridades policiais;

(iv) Informação de incidentes às autoridades competentes, policiais, ou governamentais, para aplicação das respectivas ações legais;

(v) Toque de recolher para determinadas pessoas e/ou grupos ou para todos os passageiros se, a critério do Comandante, a medida for necessária para garantir a segurança dos passageiros ou da tripulação;

(vi) Expulsão, desembarque no porto mais próximo, negação de embarque e/ou negação de permissão para embarcar em qualquer cruzeiro Pullmantur, no futuro. Os passageiros expulsos de um navio, por descumprimento da Política de Conduta, deverão ser responsáveis pelos custos com alojameno e transporte de regresso. As exigências relativas à documentação, para regressar ao país de origen, também será de responsabilidade do passageiro expulso

A Política de Conduta ajuda a garantir que todos os clientes desfrutem de uma experiência agradável e segura, durante seus cruzeiros. A Pullmantur agradece, antecipadamente, o respeito à política e deseja que desfrutem de suas férias.