Saltar para conteúdo
Cruzeiros por Khor Fakkan - Pullmantur

Khor Fakkan

Um destino turístico privilegiado no Golfo do Omã

A cidade de Khor Fakkan (também nomeada Khawr Fakkan) está localizada no emirato de Sharjah; ainda que, tendo em conta a sua situação geográfica, permanece rodeada pelo emirato de Fujaira. Esta vila, situada ao longo do Golfo de Omã com uma espetacular baía, concretamente, na costa deste país, é considerada pelos seus visitantes como um dos destinos turísticos mais importantes dos Emiratos Árabes Unidos.

Toda a cidade está rodeada de grandes montanhas e praias com areias douradas, onde poderá desfrutar da surpreendente natureza que oferecem os cenários naturais de Omã, assim quando amanhece, como quando cai o sol. Além disso, quando realizar turismo em Khor Fakkan, as águas cristalinas do seu mar permitirão desfrutar de uma grande quantidade de atividades aquáticas, como o mergulho e o snorkel nos seus chamativos recifes de coral.

Um dos lugares mais representativos da cidade é o seu Mercado ou Bazar, onde se podem conseguir produtos de origem local, como frutas, vegetais, peixes e diversas lembranças da sua viagem. Esta zona é uma das mais visitadas pelos turistas que chegam a Khor Fakkan. Além disso, em apenas 5 kilómetros do centro da cidade encontra-se a cascata Al-Wurrayah, que está introduzida no Parque Nacional que tem o mesmo nome e que é o reflexo do esforço para o meio ambiente desenvolvido pelos Emiratos Árabes Unidos nas últimas décadas.

A essência de Khor Fakkan através das suas ruas

Atualmente, Khor Fakkan conta com cerca de 40.000 habitantes e o seu nome faz referência à sua denominação de “baía com forma de lua que está flanqueada por dois cabos”. A meio do século XX, este espaço natural de Khor Fakkan continha varias vilas, mas à medida que a cidade original crescia ao seu redor e sobre tudo, direcionada para o Sul, varias partes com destaque do seu coração histórico começaram a deteriorar-se, se pensarmos que foram abandonadas progressivamente pelos seus moradores e as famílias residentes. 

No entanto, no ano 2011, o sultão Mohammed Al-Qasimi, membro do Conselho Supremo dos Emiratos Árabes Unidos e Governador de Sharjah, apostou na restauração deste importante foco turístico de Khor Fakkan, conseguindo assim que, em apenas uns anos, se tenha tornado num dos tesouros culturais dos Emiratos Árabes Unidos.

Além disso, a cidade é destacada pelas suas torres de forma redonda e quadrada, que recebem o nome de ´burj´e ´murabbah´, e costumavam localizar-se em posições estratégicas fora das cidades. As primeiras serviam como refúgio para os aldeões, enquanto que as segundas cumpriam a sua função como vigia. A mais importante é a histórica torre de Khor Fakkan, em que poderá conseguir impressionantes vistas de toda a baía, da zona portuária e de todas as áreas modernas que estão em crescimento no Sul da cidade.

Tradução e cultura num agradável ambiente natural

Khor Fakkan é sinónimo de absoluto relax e uma ampla oferta turística cheia de planos me atividades para todos os gostos e idades. Por isso, a maior parte do seu turismo gira ao redor das suas chamativas praias de areia branca e os recifes de coral que atraem a inúmeros mergulhadores, vindos de diversas partes do mundo, durante práticamente todo o ano. Um dos areiais maios destacados é Khor Fakkan Beach, localizado ao Norte do centro da cidade.

Se anda à procura de uma boa climatologia, Khor Fakkan é uma das cidades dos Emiratos Árabes Unidos mais adequadas neste sentido. Entre os meses de novembro e abril mantém temperaturas muito agradáveis (entre os 18 e os 30 graus centígrados), com dias de sol e calorosos na sua totalidade, enquanto que as noites são frescas e a humidade baixa. Não costuma ser hábito chover, mas pode acontecer alguma tormenta isolada nas primeiras semanas do ano, entre os meses de janeiro e março.

Outro lugar de interesse em Khor Fakkan é a Presa Rifaisa, que se localiza nas montanhas da cidade. Segundo conta a tradição, esta caída de água foi construída sobre uma antiga vila, fazendo-a desaparecer por completo. No entanto, quando os níveis de água baixam, ainda podemos observar os telhados das velhas casas.

X